Salve Mercenários Intergaláticos

Neste episódio mais que explosivo Trabuco e Eldake trazem tudo sobre armas de destruição em massa, os principais tipos, Químicas Nucleares e Biológicas, as suas principais variações, quem as tem e quem já usou!

Este episódio esta divido em duas partes, a primeira delas é o lançamento de hoje, a segunda será focada também em armamentos de destruição em massa, porém com um vies um pocuo diferente, abordaremos o posicionamento brasileiro ao longo das decadas, todos os planos e estatégias de nossos militares para por as mãos neste temivel artefato!

Seja um Patrão da Familia NP!:
https://www.padrim.com.br/npcast

Deixem seus comentários e nos sigam nas redes sociais:

*** NOVO FEED ***
http://feeds.feedburner.com/np_cast

*** REDES SOCIAIS ***
Grupo no Telegram: telegram.me/NpCast
Np Cast: @NP_Cast | fb.com/nppodcast
Trabuco: @SeuTrabuco | fb.com/ttbassan
Eldake: @Eldakee | fb.com/elton.alves

Duração: 01:53:31

Comentados no Episódio:
Requião e As Mamonas: https://goo.gl/q2cPhG
Dragões de garagem: https://goo.gl/N1CpBs
Papo de macho: https://goo.gl/odqgiU

Trilha Sonora:
Rage Against The Machine – Bombtrack
“Crypto” Kevin MacLeod (incompetech.com)
Licensed under Creative Commons: By Attribution 3.0 License
http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/
“Clash Defiant” Kevin MacLeod (incompetech.com)
Licensed under Creative Commons: By Attribution 3.0 License
http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/
“Vortex” Kevin MacLeod (incompetech.com)
Licensed under Creative Commons: By Attribution 3.0 License
http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/
“Volatile Reaction” Kevin MacLeod (incompetech.com)
Licensed under Creative Commons: By Attribution 3.0 License
http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/
“Intrepid” Kevin MacLeod (incompetech.com)
Licensed under Creative Commons: By Attribution 3.0 License
http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/
“Devastation and Revenge” Kevin MacLeod (incompetech.com)
Licensed under Creative Commons: By Attribution 3.0 License
http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/

Links Base:
https://goo.gl/lG0hgX
https://goo.gl/UmZOn5
https://goo.gl/0W5mzZ
https://goo.gl/cXr5oE
https://goo.gl/eZK4sV
https://goo.gl/r84Zr5
https://goo.gl/f4imdH
https://goo.gl/ubNtvO
https://goo.gl/YRKUFu


  • Pétrus Davi

    Olá Seu trabuco e Eldake, tudo bem com vocês? Não sei, mas acho que esse é meu primeiro comentário no site o/

    Bom, sobre o episódio, eu ja sabia da existência dos outros tipos de armas de destruição em massa. No caso das armas químicas, acho que poderia ser algo bem pensado e mais específico, como foi no caso do Vietnam e o agente laranja.

    As armas biologicas também seriam de muito uso em uma guerra, sendo que é mais vantajoso você incapacitar um soldado do que matá-lo de fato. Deixando-o incapacitado, você vai pegar mais dois ou três que poderiam estar no campo de batalha para tratar do pobre coitado que sofreu o ataque.

    Eu já tinha ouvido falar das bombas H, basicamente em lost, porque de fato tem uma bomba H na ilha (O trabuco deve se lembrar disso da quinta temporada)

    Pessoalmente eu tenho medo sim de que ocorra uma guerra nuclear, e o que me fez ter medo disso foi um jogo, O Call of Duty: Modern Warfare e vou deixar o Link aqui em baixo da parte.

    No mais, ótimo episódio, aguardem meu comentário na segunda parte e abraços pessoal! 🙂

  • Olá aos navegantes e todos os mercenários intergalácticos. Sou o Mateus Mantoan, editor e membro do Podcast Curva de Rio, falando da capital russa brasileira.

    Gostaria de responder a pergunta inicial do programa, se teria medo de um ataque onde usariam armas de destruição em massa. E honestamente, não tenho medo, tenho esperança. Já falei algumas vezes na podosfera que quase tudo que sei aprendi com filmes que cresci assistindo em doses cavalares, aprendi com eles que sempre que ocorre um “holocausto” (atenção as aspas) a população que sobra sofre um reset, e principalmente é toda nivelada por baixo, não, não tenho nenhum sonho marxista, mas uma catástrofe que mudaria de fato o mundo a ponto de colocar todos na mesma posição de merda seria interessante. Indico dois filmes: Extermínio e O Dia Seguinte, o primeiro que brinca com uma infecção generalizada do vírus da Raiva em Londres e o segundo que conta a vida das pessoas após uma explosão nuclear. Claro,para minha esperança fazer sentido teríamos que ter um ataque como imaginavam nos anos 80, onde todos os lados se atacariam, e não na segunda guerra onde o ataque que ocorreu foi uma ação terrorista para mostrar quem tem o pau maior.

    Apenas mais um pequeno comentário sobre os ataques com antraz. Eles são recorrentes nas histórias de espionagem que se passam durante a guerra fria “a verdadeira carta de despedida” e sempre me perguntei se alguém perderia algum tempo escrevendo alguma coisa na carta ou se apenas colocavam o pó gratuitamente.

    Isso aí mercenários, um abraço e até a próxima

    • Muito bom, vc realmente me fez pensar sobre as cartas com antraz, será que rolava alguma coisa escrita? Acho que sim até para o alvo ter mais contato com o veneno, sobre os filmes, uma boa dica para quem gosta de podcast, o finado Jurassicast, gravou um episódio sobre ‘O Dia Seguinte’ e o Calavera estava ‘on fire’ muito bom episódio, fica a dica a todos!

      http://jurassicast.com.br/2014/07/14/jurassicast-90-a-afliceta-atomica/

  • Episódio perfeito sobre um assunto horrível, caros enepênautas.

    Como se “guerra” já não fosse ruim o bastante, aplicar a este o conceito “industrial”, ou a comodidade de matar mais rápido, mais gente em menos tempo, só piora o quadro. Da bomba H ao gás mostarda, das armas biológicas às químicas, só fizeram historicamente o quadro piorar, como se o avanço da tecnologia de seu uso aumentasse a facilidade de sua aplicação e ao mesmo tempo o horror dos efeitos. Espero que um dia estejamos além de quaisquer confrontos que justifiquem o uso de armas assim, tendo que nada realmente tem como justificá-lo.

    Gostei muito do episódio, aprendi até sobre algumas das quais desconhecia. Abração a todos. 8)

    • Valeu pensador, realmente o homem tem uma capacidade de promover o caos gigantesca, talvez se esses esforços se refletissem em outras ações nós teríamos um mundo totalmente diferente hoje, seriamos todos nazistas….

      Brincks! Mas é assustador o número de artefatos que deixamos de fora do cast, afinal não era sobre os artefatos em si, era sobre o que são armas de destruição em massa…

  • Lohran Bentemuller

    Escuto podcasts no caminho pro trabalho, ainda não terminei esse, mas já fiquei com vontade de comentar. PQP que cast sensacional. Do tipo que você recomenda como porta de entrada para a droga chamada podcast. Parabéns pelo trabalho senhores. Muito interessante levantar o ponto que armas quimicas são algo muito antigo, já abri o cast pensando apenas em modernidades.

    • Valeu meu querido, sempre quando pegamos um assunto tentamos destrinchar ele por inteiro e por isso acabamos falando também de armas do passado, que o uso é muito mais significativo que nos dias atuais, fico feliz que tenha gostado, valeu!

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese (Brazil)
pt_BRPortuguese (Brazil)