Projeto SETI, Ohio região centro-oeste norte americana, 15 de agosto de 1977.

Operado pr Jerry E. Ehman, o radiotelescópio “Big Ear” escaneava o céu, utilizando-se da moviemnto de rotação da Terra, captou uma fonte constante de rádio, ondas essas, nunca recebidas pelo telescópio, nunca em uma frêquencia tão alta. Esse fatolevanta questinamentos e discussões até hoje, fizemos contato com uma civilização extraterrestre? Não estamos sozinhos? I want to believe! Erro de operação? Culpa dos iluminati?

Vamos tentar dessecar o fato, identificar todos os itens envolvidos, e talvez te ajudar a entender ou te deixar um pouco mais confuso sobre o que ocorreu.

ONDE TUDO COMEÇOU:

Projeto SETI

O projeto SETI, em sua essênsia representa o seu nome, uma sigla em inglês que signigfica exatamente: Search For Extraterrestrial Intelligence, para quem não pegou, ele é a busca por vida inteligente extra-terrestre.

Funciona da seguinte forma: O SETI,  busca sinais de radio emitidos do espaço por qualquer tipo de inteligencia, mesmo estando em epoca de fibra, nuvem e diversas tecnologias megalovax foda, ainda sim o sinal de rádio é o mais rápido que conseguimos manusear para esse tipo de questionamento espacial, usando o radiotelescópio de Arecibo em Porto Rico, o maior do mundo de uma só parabólica.

Sim, esse é o cara que aparecu no filme do James Bond, GoldenEye de 1995.

OS ENVOLVIDOS

O real telescópio que importa para essa caso:

The Big Ear: Localizado na Ohio Wesleyan University’s Perkins Observatory, em Delaware, Ohio, o ‘Orelhão’ foi quem identificou o sinal, responsável por captar sinais de fora da terra, como parte integrante do projeto SETI, como dito anteriormente, ele se da rotação da Terra (planeta Água) para escanear o espaço, podendo observar um determinado ponto por até 72 segundos.

[Aerial Photo of Big Ear]

Esse é o bad boy que identificou o sinal, você pode conhecer mais sobre ele acessando o site do mesmo:

http://www.bigear.org/

Quem identificou o sinal:

[Jerry Ehman]

O bonitão da foto ali em cima, é o radioastrônomo que estava no local com a resposabilidade de monitorar os sinais recebidos pelo orelhão, o nome dele é Jerry Ehman, e ele era voluntário para o serviço, abaixo a interpretação em audio do sinal:

No memso portal citado acima como do telescópio que fez a descoberta existem alguns artigos da época com entrevistas de Jerry Ehman, falando sobre as reações dele quando identificou o sinal, vale a leitura.

O sinal:

Era um sinal de rádio de banda estreita forte, durou os exatos 72 segundo e não pode ser detectado novamente.

Batizado de “Wow!” por culpa de seu descobridor, Ehman ficou  tão surpreso com o quanto se parecia com um sinal interestelar, que ele circulou na impressão do computador e escreveu o comentário “Wow!”, a imagem que você viu no cabeçaljo do post.

O que se pode assegurar sobre ele, é que, o seu padrão orirignário, corresponde ao de uma antena de banda estreita correspondente da época, e ao que tudo indica, ele viajou ao menos uma distância lunar e não mais que isso, analizando claro a amplitude do sinal, se a distancia fosse maior, a amplitutide também seria. Sua freqüência era perto da linha de hidrogênio, 1420 MHz, onde as transmissões de rádio são proibidas.
Além disso, duarnte os 72 segundos de duração, o sinal atingiu seu pico nos primeiros 36 segundos, até que o atingiu o centro da janela de observação do Big Ear e depois foi dimunindo gradualmente, dizem por ai que como que se tentando camuflar, e nunca mais foi encontardo.

 

CONCLUSÃO

Assim como outros fenomenos que encontramos diariamente por ai, o sinal “Wow!” é um dos que mais nos intrigam, muitos especulam que ele aconteceu por um erro do operador, já que o mesmo era um radioastrônomo inexperiente e voluntário para o experimento, outros dizem que em  1977, o mais provavel, é que o sinal foi captou a sombra de um satélite geoestacionário, ou almum tecnologia espiã secreta, fato é, que o ‘Big Ear’ é fixo no chão, ele não busca o sinal, o sinal vem até ele, como se você fixase uma lanterna ao chão, e esperasse que ela iluminasse algum ponto em especifico conforme a terra gira, e que quando o mesmo identificava um sinal, ele inicia a interpretação de suas pontas até o centro, onde era o ponto principal, começando com uma intensidade fraca e chegando ao cume no seu centro, isso se caracteriza muito com o sinal localizado a epoca, o resultado cientifico padrão é retornar o mesmo resultado sempre, porém desde 1977 estamos tentando reproduzir esse fato e até hoje nada, o número de explicações plausiveis são tão grandes quando as explicações de que o sinel é de fato alienigina, eu particularmente, não sei definir ainda, acredito muito que o sinal tenha refletido em uma tecnologia terrestre.

Mas queria muito que fosse o contrário.

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com